Sobre

Sou Daiane, engenheira de profissão (com muito orgulho e amor) e tricoteira como um dos hobbies preferidos (também costuro e cozinho, com preferências para doces, sorvetes caseiros, e pães). Moro no interior de São Paulo (Santa Bárbara d’Oeste).

Sou péssima em crochê, sei somente para a sobrevivência, porém sempre tem uma agulha de crochê no meu kit de tricô.

Meu primeiro projeto de tricô foi um cobertor de barbie. A receita é simples, monte X pontos, trabalhe Y carreiras arremate. Mas meu primeiro projeto moderno foi um xale que eu fiz com o pior fio possível, mas vou dizer, foi muitíssimo fácil comprar esse novelo, bem mais fácil do que todos os outros trabalhos que já fiz.

Você pode me achar no Ravelry com o usuário Dai-Daiane (ou o botão piscante no fim dessa página). Me adicione!

Comecei esse blog depois de pensar muito sobre onde está o tricô brasileiro e porque não temos publicações na nossa língua. Eu leio muito bem inglês, falo razoável (meu chefe me entende, então acho que é suficiente) e entendo até mesmo os videos do YouTube, mas isso não é o bastante pra mim, eu gosto de ouvir e falar sobre tricô na minha língua nativa.

Eu tenho dois sonhos. Um deles é poder ler uma revista em português com fotos lindas falando somente de tricô. Outro é poder acompanhar um concurso nacional de projetos de tricô feitos somente por tricoteiras brasileiras, com – quem sabe – uma categoria para peças de produção nacional?

Vou deixar dois links nessa página que mostram que sim, há um tricô brasileiro por aí. (como diria Fox Mulder: The Tricô Brasileiro is out there!)

Trabalhos de brasileiras

(hoje 13/09/2015 a busca retornou 16.940 trabalhos, não é pouco, né?)

busca de trabalhos tricotados por pessoas num raio de 800 milhas com centro em São Paulo

Projetos de brasileiras

(hoje 13/09/2015 a busca retornou 302 receitas você imaginava?)

busca por receitas projetadas e publicadas por pessoas num raio de 800 milhas com centro em SP

Essas buscas são do Ravelry, acho que é unânime que o Ravelry é o centro do mundo do tricô, e apesar de não contar várias receitas que não foram publicadas lá, ainda é uma boa estimativa.

As buscas também não contam os projetos e receitas de usuários que não atualizaram seus perfis com alguma cidade. Ou seja, há ainda tricoteiras brasileiras que não dizem que estão no Brasil, portanto não entram nessa conta.

Eu usei 800 milhas porque com 1000 milhas eu acabei pegando vários projetos do Uruguai, mas tenho certeza que não é nem de longe um bom critério. Porém o Ravelry não possui (hoje) busca por país, somente por distância relativa (com o centro no meu próprio perfil)

Me ache no Ravelry:

ravelry-button-animated

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s